Share on FacebookShare on LinkedIn

Por Sílvio Crespo

Basicamente, para saber se um fundo multimercado é bom você precisa ter uma ideia de quanto você pode ganhar com ele e também de quanto você pode perder.

Antes de qualquer coisa, é preciso saber que esse tipo de fundo nunca tem um risco baixo como a poupança ou o Tesouro Selic, por exemplo. Os fundos multimercado têm certa volatilidade. Às vezes sobem, às vezes caem.

É verdade alguns deles têm uma volatilidade muito baixa, como o  Modal Institucional. Este nunca teve uma rentabilidade mensal negativa desde que foi criado, em 2004.

Mesmo assim, eu não aplicaria em um fundo multimercado um dinheiro que já está comprometido a curto prazo ou que eu separei para emergência. Para isso, prefiro Tesouro Selic, que seguramente não terá rentabilidade negativa.

Os fundos multimercado normalmente são melhores para colocar aquela parte do seu dinheiro que você não vai precisar resgatar tão cedo.

Abaixo, os três principais aspectos que você precisa analisar.

1. Rentabilidade: quanto você pode ganhar

Esse é o indicador que todo mundo busca. Toda hora eu ouço perguntas como:

  • Qual fundo está rendendo mais?
  • Este fundo está rendendo bem?
  • Etc…

Claro, quem não quer uma boa rentabilidade?

Mas existem dois problemas com esse tipo de pergunta. Primeiro, que quando uma pessoa fala que um investimento “está rendendo bem”, ela normalmente quer dizer que ele rendeu bastante nos últimos meses ou anos. E nada garante que vai continuar nesse ritmo.

Em segundo lugar, a rentabilidade, se não estiver sendo comparada, não significa muita coisa. Um fundo rendeu bastante em relação a quê? Em relação a outro fundo? Ao CDI? Ao Ibovespa?

Então vamos ver o exemplo do fundo que eu citei em um post recente, o Explorador Alpha America Latina FICFI Multi. No gráfico abaixo, extraído do site Mais Retorno, o rendimento do fundo está comparado ao CDI nos últimos três anos.

Gráfico histórico de 36 meses do fundo Explorador Alpha Multimercado vs CDI

Nos 36 meses analisados, o fundo teve um rendimento bruto de 85%, enquanto o CDI rendeu 43%. Assim, o fundo bateu o CDI de longe.

Mas, se você notar no gráfico, entre março e dezembro de 2015 o fundo ficou abaixo do CDI. Quem precisou resgatar naquele momento acabou perdendo dinheiro.  

Outra possibilidade é comparar com o Ibovespa, o principal índice de ações do Brasil. Quem investiu nesse fundo há 36 meses, ficou com rentabilidade acima do Ibovespa durante praticamente todo esse período, conforme o gráfico abaixo.

Fundo de investimento Explorador Alpha Multimercado vs Ibovespa (gráfico histórico)

Portanto, para quem está investiu a longo prazo, a rentabilidade desse fundo foi boa em comparação com esses dois indicadores.

2. Risco: Quanto você pode perder

Esse mesmo fundo que foi tão bem em comparação com o Ibovespa e com o CDI, teve também algumas quedas significativas.

Um bom indicador para você ver isso é o chamado drawdown, apresentado no gráfico abaixo.

Gráfico drawdown - Fundo Explorador Alpha

O drawdown mostra o acumulado de prejuízos que um fundo teve em determinados momentos e quanto tempo levou para se recuperar. No caso do fundo analisado, no dia 23 de setembro de 2015 ele acumulou uma queda de 13,39%, em comparação com o dia 30 de janeiro de daquele ano.

É aí que você deve se perguntar: você aguentaria passar nove meses com rentabilidade negativa? Olhando hoje, já sabemos que depois o fundo se recuperou. Mas no meio do furacão, as pessoas não sabiam até quanto o fundo iria cair e nem por quanto tempo. Diante disso, o que você faria?

Ou melhor, se você aplicar nesse fundo hoje, e ele começar a cair no próximo mês, e depois no mês seguinte, e depois no outro, e assim por nove meses. O que você faria? Será que você manteria o dinheiro aplicado?

Se você acredita que retiraria o dinheiro do fundo caso ele tivesse rentabilidade negativa por um período de nove meses, então provavelmente você não se daria bem com esse fundo. Só serviria para você se estressar e perder algumas noites de sono.

Além do gráfico de drawdown, vale a pena ver o histórico de rentabilidade mensal (abaixo).

Fundo Explorador Alpha - Tabela de rentabilidade histórica

Como você pode ver, em setembro de 2015, o fundo caiu 8,68%. Quer dizer, se você investiu R$ 100 mil no fundo no dia 1º de setembro, ao final do mês você estava com menos de R$ 92 mil. Uma redução de mais de R$ 8 mil em 30 dias.

Mais uma vez, é o caso de se perguntar: se você investir hoje, e daqui a um mês tiver um saldo 8% menor, você retiraria o dinheiro do fundo? Se sim, então talvez esse fundo não seja bom para o seu perfil.

Existem também outros indicadores de risco e retorno, sobre os quais falarei nas próximas semanas.

Por enquanto, a lição que eu queria deixar é: antes de aplicar em um fundo, não olhe somente a rentabilidade. Descubra se você está disposto a correr o risco que o fundo oferece.

Share on FacebookShare on LinkedIn

Sílvio Crespo

Jornalista econômico e educador financeiro. Foi editor-assistente de Economia do portal do Estadão. Ganhou duas vezes o prêmio de melhor blog do jornal O Estado de S. Paulo e uma vez o prêmio Case New Holland de Jornalismo, pelo blog Achados Econômicos, do UOL.